Notícias do Sínodo Espírito Santo a Belém
foto: Alex Reblim Braun
Teatro do oprimido no CONGRENAJE em Pelotas - RS
Nos dias de 23 a 27 de julho, o grupo de teatro do oprimido Fazendo Arte participou do XXI Congrenaje e VII Fest Art na cidade de Pelotas/RS

O grupo de teatro do oprimido Fazendo Arte participou, entre os dias 23 até 27 de julho, do XXI Congrenaje e o VII Fest Art na cidade de Pelotas/RS. O Congrenaje acontece a cada dois anos e é o evento de maior instância da Juventude Evangélica da IECLB.

Nesse ano recebemos o convite para assumir a discussão do tema "Conectados com Deus, protagonistas no mundo", por meio da técnica do teatro fórum, integrado a metodologia do teatro do oprimido. O grupo apresentou duas cenas: "Retratos da Opressão" e "Cacos de Família" desenvolvidas a partir de relatos registrados em oficinas desenvolvidas com diversos grupos do Sínodo Espírito Santo a Belém. As cenas foram desenvolvidas a partir de relatos de jovens luteranos em oficinas desenvolvidas nas comunidades da IECLB no Sínodo Espírito Santo a Belém. Nas cenas abriu-se a janela para discutir sobre o machismo, preconceito, racismo, violência, drogas e mais. Os jovens foram convidados a fazer intervenções e a subir no palco, para reconstruir determinada cena a partir da sua percepção de um mundo mais justo.

Nessa sessão, estudantes de teologia das Faculdades EST assumiram a transmissão do evento e da peça via live stream. Assim pudemos contar com sugestões de intervenções de jovens de outros estados do Brasil que acompanhavam ao vivo na internet a sessão teatral. O multiplicador William Berger, responsável pelas cenas, comentou que essa foi uma das poucas oportunidades no mundo que pessoas de outros lugares puderam participar das discussões do teatro fórum via internet.

“O teatro do oprimido abre um leque de possibilidades de discussões. Poderíamos ficar o dia todo extraindo questões das cenas e a cada intervenção do público teria uma nova observação", como relatou um jovem do Sínodo Rio dos Sinos.

Durante outro momento do Congrenaje, o G.T.O. Fazendo Arte e integrantes do NALagoa puderam assessorar uma oficina demonstrativa de teatro do oprimido e audiovisual para os participantes. Avaliamos positivamente o envolvimento de algumas atividades da Associação Diacônica Luterana (ADL) em um espaço tão prestigiado.

Antes de voltar para o Espírito Santo, no sábado, dia 28, o nosso grupo desenvolveu uma oficina demonstrativa com os jovens da comunidade luterana "Bom Pastor", em Novo Hamburgo. Depois de um delicioso almoço no galpão do Alonso, o grupo apresentou para a comunidade o teatro fórum "Retratos da Opressão". Novamente, aconteceram intervenções e um instigante bate papo sobre as cenas.

O grupo contou com o patrocínio da Fundação Luterana de Diaconia - FLD para as passagens e demais despesas nesse período. Somos gratos pelo apoio e pela oportunidade de difundir a prática do teatro do oprimido.

"O Teatro do Oprimido é um método teatral e modelo de prática cênico-pedagógica sistematizados e desenvolvidos pelo teatrólogo brasileiro Augusto Boal nos anos 1970. Possui características de militância e destina-se à mobilização do público, vinculando-se ao teatro de resistência. O termo é citado textualmente pela primeira vez na obra Teatro do oprimido e outras poéticas políticas, que reúne uma série de artigos publicados por Boal entre 1962 e 1973".

A metodologia do teatro do oprimido está presente na ADL deste do ano de 2009. Alunos praticam e estudam as diversas técnicas dessa metodologia no 3º ano na disciplina de Corpo em Expressão. O Sínodo Espírito Santo a Belém foi o primeiro espaço da IECLB a acolher essa metodologia através de apresentações e oficinas com grupo de mulheres e jovens.

Componentes do Fazendo Arte e do NALagoa que estiveram em Pelotas:
Alex Reblim Braun, Ana Paula Brandt Gonçalves, Devair Grunewaldt Reinke, Emili Maria Fristschi Botini, Hilton Ferreira de Oliveira, Isabela Abel Gumz, Izabela Jastrow, Kéllei Feltz Pagung, Luis Guilherme Manhani, Michael Kuhn Pothin, Nicole Trabach Ratunde, Rafael Wolfgramm, Roana Clara Gums, Weidny Pierre Barros Barbosa, Willa Boecker. Multiplicador: William Berger

Mais informações: www.teatrofazendoarte.blogspot.com

Texto e fotos: Alex Reblim Braun
Professor na Associação Diacônica Luterana e Coordenador Sinodal da JE


Fonte: Alex Reblim Braun - Professor na Associação Diacônica Luterana
Publicado: segunda-feira, 24 de setembro de 2012
IECLB
SESB - Sínodo Espírito Santo a Belém
IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil
Rua Engenheiro Fábio Ruschi, 161 - Bento Ferreira - Vitória - ES
CEP 29050-670 - Tel/fax: (27) 3325-3618 - E-mail: secretaria@sesb.org.br
2012-2013. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvido por: Wagner Jann