Paróquia Evangélica de Confissão Luterana em Salvador-BA
foto: autor desconhecido
COMUNIDADES
Salvador. Pontos de Pregação: Lauro de Freitas
ENDEREÇO DA SEDE
Paróquia Evangélica de Confissão Luterana em Salvador-BA
Tel. (71) 3247 3440, e-mail: ieclb.salvador@gmail.com, Rua Professor Aristides Novis, 7 - Federação, 40210-630 - Salvador - BA.

Site: www.ieclbsalvador.wordpress.com
Facebook: www.facebook.com/ieclbsalvador

Apresentação
Somos uma pequena Paróquia localizada na terceira cidade do Brasil. Salvador é uma cidade bonita, atraente, festeira e cheia de contraste. A cidade é uma mescla de riqueza e pobreza. Mesmo pertencendo a um estado nordestino, possui características bem diferentes das demais cidades da região. O sincretismo religioso é a presença de pessoas negras, descendentes de escravos africanos que foram trazidos pelos portugueses, são marcantes em nossa cidade e nas demais que compõem o Recôncavo Baiano. Em agosto, comemoraremos 75 anos de presença da Igreja Luterana em terras baianas.

Tudo começou em 16 de agosto de 1925 quando foi batizada a primeira criança por um pastor luterano em Salvador, no bairro da Amaralina. Não existia ainda uma comunidade com ma estrutura bem definida e nem uma programação regular. O que se sabe é que faziam parte do grupo de pessoas de descendência alemã (evangélicos) e suíça (reformados). O primeiro pastor a atuar na comunidade foi Otto Arnold. Este chegou até a atender luteranos no estado de Sergipe. Como não havia uma comunidade estruturada, o pastor Arnold, além de atender os membros, assumiu a tarefa de professor particular de filhos/as de uma família da comunidade. Os cultos eram realizados, nos primeiros anos, na Sociedade Alemã Germânica, na casa de membros, não templo da Igreja dos Ingleses (Anglicanos) e em outros templos cedidos por outras denominações (p. ex. Batista). Em 1933, segundo os registros da Comunidade, veio atuar em Salvador o pastor Karl Graeter, o qual se transferiu mais tarde para o Rio de Janeiro. Os anos da 2ª Guerra Mundial foram muito difíceis. Os membros eram alemães que trabalhavam em firmas, empresas e bancos de salvador e arredores. Alguns membros chegaram a ser presos e conduzidos para uma fazenda – “campo de concentração” – em Maracás (interior da Bahia). Para lá foram levados os pais de famílias que podiam entrar em contato com familiares no período de férias. “Membros da Igreja, alemães de nascimento, foram presos e maltratados. Tiveram suas propriedades confiscadas, muitas das quais jamais foram devolvidas a seus legítimos donos” ( Jornal A Tarde, 2/11/1998). A Comunidade foi levada a, praticamente, parar com suas atividades. Após a guerra, as atividades foram, pouco a pouco, retomadas. Não havia, no entanto, um pastor de tempo integral na Comunidade. O quadro muda com a chegada do Pastor Walter Schlupp. Em 1957 foi adquirida a sede própria, na rua Professor Aristides Novis, 07 – Federação. Até meados dos anos oitenta, a Paróquia foi servida por pastores alemães. Em 1985 chegou em Salvador o primeiro pastor formado em São Leopoldo /RS (pastor Carlos Möller) e começou o processo de abrasileiramento da Comunidade.

Desde sua fundação, a paróquia possui características marcante: somos uma comunidade ecumênica. Este fato é visível também em nossos dias. Dificilmente, encontraremos na Paróquia uma família em que o casal tenha somente origem luterana. Isso faz com que a Comunidade tenha uma abertura natural para o Ecumenismo. Um fato interessante, do qual não se tem clareza do motivo, é que a Paróquia de Salvador tem como símbolo no seu carimbo o mesmo do Conselho Mundial de Igrejas (um barco com uma cruz no centro a navegar sobre as ondas).

Os membros que compõem a Paróquia possuem, predominantemente, ascedência germânica. São naturais da Alemanha ou de estados do sul e sudeste do Brasil. Muitos vieram para cá transferidos ou a procura de emprego. A maioria reside em Salvador, mas temos também contato com membros que residem em cidades vizinhas e de cidades mais distantes (p. ex. Itabuna e Ilhéus). Um problema grave que enfrentamos em Salvador é que muitos chegam a cidade e não procuram a Comunidade ou passam a residir distante da Comunidade e as constantes mudanças dos membros.

Além dos cultos regulares no Templo da Comunidade, acontecem cultos nas residências de famílias que moram mais distantes e cultos especiais (p. ex. cultos ecumênicos, da Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos e das Cristãs, de Ação de Graças pelo trabalho desenvolvido pelas voluntárias do Hospital e Culto no Barco). Todas as terças-feiras, a OASE se reúne. O grupo é pequeno, mas animado. Nas reuniões temos dedicado tempo para o estudo bíblico e a confecção de trabalhos manuais. As crianças têm oportunidade de participar do Culto Infantil. No meio do ano, é realizada a Semana da Alegria. O encontro acontece no final da semana e nele as crianças cantam, brincam, fazem atividades manuais e aprendem um pouco mais sobre a Palavra de Deus. Este ano, tivemos a participação de 25 crianças.

Na véspera do primeiro Domingo de Advento, acontece o tradicional Bazar de Natal. É a festa anual da Comunidade. Nele são oferecidas comidas típicas alemãs; um delicioso chá; artesanato natalino confeccionado, principalmente, pelas mulheres da OASE e jogos variados. A renda do bazar é destinada, em parte (50%), ao Fundo de Solidariedade da Paróquia de Salvador. Com este dinheiro ajudamos creches, orfanatos, hospitais e associações comunitárias de Salvador e do interior do Estado.

Algumas mulheres da Paróquia, estão integradas ao grupo Gamma (voluntárias no Hospital do Câncer Aristides Maltez). Este grupo acompanha mulheres mastectomizadas buscando reintegra-las à vida cotidiana e ajudá-las na recuperação de sua auto-estima. Desde 1998, a Obreira Diaconal Sonia Manske dirige um coral formado por estas mulheres atendidas pelas voluntárias. A Paróquia, com recursos do Fundo de Solidariedade, tem apoiado, anualmente, este trabalho.

Pastor Armindo Klumb - Pastor na Paróquia de Salvador

Nossos Templos
Templo de Salvador - Bahia

IECLB
SESB - Sínodo Espírito Santo a Belém
IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil
Rua Engenheiro Fábio Ruschi, 161 - Bento Ferreira - Vitória - ES
CEP 29050-670 - Tel/fax: (27) 3325-3618 - E-mail: secretaria@sesb.org.br
2012-2013. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvido por: Wagner Jann